‘Acorda Trabalhador’: tire suas dúvidas sobre seguro-desemprego

O seguro-desemprego é um dos mais importantes direitos dos trabalhadores brasileiros, e é um dos serviços oferecidos pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária (Setres).

Atividade ‘Acorda Trabalhador’ tirou dúvidas de usuários do Sine, sobre o seguro-desemprego (Foto: Letícia Castro/Setres)

Entretanto, muitos trabalhadores ainda têm dúvidas sobre como acessar o benefício. Este era o caso do Daniel Sousa, de 34 anos. Atualmente ele trabalha como autônomo, mas ficou desempregado há pouco tempo e foi à agência do Sine do Centro de São Luís, para dar entrada no pedido do seguro-desemprego. Enquanto esperava para ser atendido, Daniel teve a oportunidade de tirar suas dúvidas sobre o benefício, que foi tema da atividade de hoje do Acorda Trabalhador, realizado todas às terças-feiras na agência do Sine do Centro.

“Tinha uma vaga ideia sobre o assunto, mas a palestra me ajudou a entender todas as regras para ter acesso ao seguro-desemprego. Quando fui atendido, já estava mais por dentro de tudo”, comentou.

O secretário do Trabalho e da Economia Solidária, Jowberth Alves, destacou a importância do Acorda Trabalhador, como espaço de informação e formação para os usuários do Sine e frisou também a relevância das dicas sobre o seguro-desemprego.

“O Acorda Trabalhador tem essa função de oferecer conhecimentos aos nossos trabalhadores e o tema do seguro-desemprego é muito importante, tanto por ser um dos serviços oferecidos pelo Sine, quanto pela importância do benefício, que é uma assistência financeira ao trabalhador desempregado que ajuda a superar as dificuldades até a recolocação no mercado de trabalho”, ressaltou.

A supervisora de Seguro-Desemprego do Sine São Luís, Patrícia Reis, foi a mediadora do diálogo sobre o seguro-desemprego durante o Acorda Trabalhador e destacou as informações necessárias para que seja possível dar entrada no benefício.

“É importante, antes de tudo, esclarecer que o seguro-desemprego é um benefício temporário, para quem acabou de ser demitido sem justa causa. Para requerer o benefício pela primeira vez, o trabalhador tem que ter trabalhado 12 meses consecutivos nos últimos três anos, na segunda vez, tem que ter trabalhado 9 meses e na terceira vez, seis meses”, explicou.

Para solicitar o seguro-desemprego, o trabalhador precisa ainda, ter em mãos os seguintes documentos: carteira de identidade; CPF; Carteira de Trabalho; número do PIS/Pasep; comprovante de saque do FGTS e termo de rescisão de contrato de trabalho.

Fonte: Ascom/Setres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *