Auxílio emergencial: pagamento para inscritos no CadÚnico começa na Poupança Digital, mas filas continuam

O governo federal começou a pagar nesta terça-feira (14) a primeira parcela do auxílio emergencial (de R$ 600 a R$ 1.200) para 831 mil pessoas que estavam inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) até 20 de março e não recebem Bolsa Família. Para evitar aglomerações nas agências, a Caixa estabeleceu um calendário para os beneficiários que quiserem sacar em dinheiro o valor depositado nas poupanças digitais abertas para os trabalhadores.

A recomendação é que as pessoas beneficiadas não procurem as agências do banco por conta da pandemia do coronavírus. Dos mais de 800 mil inscritos beneficiados, 557,8 mil trabalhadores receberão por meio da Poupança Digital Caixa. Os outros 273,2 mil terão o valor depositado em conta do Banco do Brasil. Segundo a Caixa Econômica Federal, serão pagos até sexta-feira (17) cerca de R$ 4,7 bilhões para 9,4 milhões de beneficiários.

As dúvidas sobre como receber o auxílio emergencial continuam levando centenas de pessoas a formarem filas nas portas das agências da Caixa. O presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Jair Pedro Ferreira, lembra que, para ter acesso ao auxílio, não é necessário ir até uma agência da Caixa ou casas lotéricas. Os pagamentos são feitos digitalmente, com crédito em conta.

A Fenae defende que a que o governo e a direção da Caixa façam campanhas de esclarecimento à população. “Nós estamos preocupados com as longas filas nas unidades do banco por todo o país. Precisamos preservar a saúde e a vida da população e dos trabalhadores bancários”, alerta o presidente da Fenae.

Contas Digitais

As pessoas que não têm uma conta bancária terão o auxílio emergencial depositado em contas digitais criadas pela Caixa. De acordo com o banco público, a medida é para evitar a corrida às agências e casas lotéricas. Foram criadas mais de 6,6 milhões de poupanças digitais gratuitamente.

Por meio da conta é possível pagar boletos e contas de água, luz, telefone, entre outras. É possível também efetuar transferências ilimitadas entre contas da Caixa ou realizar gratuitamente até três transferências para outros bancos a cada mês, pelos próximos 90 dias.

O acesso à conta é feito pelo aplicativo CAIXA Tem, que pode ser baixado na loja de aplicativos dos smartphones. Para quem receber via poupança digital da Caixa, os saques em dinheiro começarão a ser liberados a partir do dia 27 de abril.

Fonte: Portal Fenae

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *