Congresso de Mobilidade e Veículos Elétricos prossegue com sucesso de público em São Luís

O Congresso de Mobilidade e Veículos Elétricos (C-MOVE) está atraindo a atenção de empresários, gestores públicos, estudantes e professores. São Luís é a primeira cidade do Norte e Nordeste a sediar o evento, que teve início na segunda-feira (27) e será encerrado nesta terça (28), no Centro Pedagógico Paulo Freire, na Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Carros, motos, patinetes, monociclos, scooters, entre outros veículos elétricos disponíveis para test drive, está atraindo a atenção, principalmente, de estudantes.

“Os veículos elétricos vieram para ficar, pois são mais eficientes, econômicos e movidos por energia limpa”, destaca Júnior Leite, da JR Voltz, um dos empresários participantes.

Um dos sucessos de público é o triciclo elétrico, veículo ideal para locomoções rápidas, pequenas entregas e serviços na área empresarial.

O triciclo elétrico pode ser carregado em tomada caseira, com custo de R$ 0,70. São 100 km de autonomia por carga a 55 km/h.

Debates
Os debates e painéis, com a presença de gestores públicos, professores universitários e pesquisadores estão definido estratégias para que o Maranhão entre de vez na era da mobilidade elétrica, que só cresce no mercado nacional.

O evento, que já teve edições em estados como São Paulo, Santa Catarina e Distrito Federal, está sendo um espaço aberto para discussões sobre os desafios do setor na atualidade, cenários de investimentos e avanços obtidos.

Entre os participantes, pesquisadores do Instituto de Engenharia Elétrica (IEE) da UFMA, do Instituto Brasileiro de Mobilidade Sustentável (IBMS), da Associação Brasileira do Veículo Elétrico e da MES Eventos, organizações do evento.

Também participam empresários e gestores de instituições e empresas como Engenharia de Transportes, Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica, Vale, Equatorial Engenharia, Eletra (Tecnologia de Tração Elétrica) e Build Your Dreams.

A executiva da Ouvidoria da Equatorial, Márcia Fernandes, chamou atenção para os direitos dos consumidores. “Nós estamos ingressando em um novo momento de consumo de energia, que envolve veículos elétricos, e os consumidores precisam ter plena garantia de direitos para que seus negócios obtenham êxito”, diz.

Da área pública, a presença de gestores de diversas secretarias do Governo do Maranhão, do Porto do Itaqui e da esfera municipal.

O superintendente de Energia, Petróleo, Gás e Mineração da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Programas Estratégicos (SEDEPE), engenheiro eletricista Fraga Araújo participa, nesta terça-feira (28), do painel ‘Eletromobilidade e o Hidrogênio de Carbono’.

“Os veículos elétricos têm inúmeras vantagens em termos de funcionabilidade e vieram para se consolidar como alternativa de transporte”, frisa Fraga Araújo.

O presidente do IBMS, Ricardo Guggisberg, comemora o sucesso do C-MOVE, que se consolidou como importante catalisador de conexões e negócios.

“O Maranhão está consolidado como mercado estratégico para a expansão da mobilidade elétrica com a geração de novos negócios e empregos”, afirma Ricardo Guggisberg.

Mercado em expansão
No país, de janeiro a outubro deste ano, de acordo com dados do setor, foram comercializados 10.101 carros elétricos, enquanto em 2022 foram vendidos pouco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.