Emenda da minirreforma eleitoral pode impedir Coletivo Nós de disputar reeleição para a Câmara de São Luís

Gildean Farias com informações do Blog do Clodoaldo Corrêa

O Coletivo Nós, primeiro e único mandato coletivo do Maranhão, corre o risco de não poder disputar a reeleição para a Câmara Municipal de São Luís no ano que vem. O impedimento é fruto de uma emenda inserida na minirreforma eleitoral da Câmara Federal e aprovada na última quarta-feira (13). A emenda do deputado bolsonarista Bibo Nunes (PL-RS), proíbe expressamente as candidaturas coletivas já a partir das eleições de 2024.

O texto final da proposta da minirreforma, de autoria de Rubens Pereira Jr (PT-MA), regulamentava as candidaturas coletivas. E a emenda aprovada acabou proibindo a formação. Apenas PT, PV, Rede, PC do B e PSOL registraram todos os seus votos pelo não à proibição, aprovada por 246 votos a 172.

Caso a medida seja mantida no Senado, as candidaturas coletivas não poderão mais acontecer. Assim, na eleição do ano que vem, o Coletivo Nós não pode tentar a reeleição para a Câmara Municipal de São Luís. O único mandato coletivo do Maranhão é capitaneado por Jhonatan Soares, e formado pelos co-vereadores Delmar Matias, Eni Ribeiro, Eunice Chê, Flávia Almeida, e Raimunda Oliveira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.