Os rachas e indefinições do PT do Maranhão para as eleições 2022

Gildean Farias

Ao que parece o PT não vai chegar tão unido no seu Encontro de Tática, marcado para os dias 28 e 29 de maio.

Além do racha relacionado ao nome que a legenda vai apoiar na corrida pelo Palácio dos Leões, alas do partido simpatizantes à pré-candidatura do atual governador Carlos Brandão (PSB), estão divididas em relação ao nome que será indicado para compor a chapa do neo-socialista como candidato a vice-governador.

Apesar da direção do partido garantir que o nome do ex-secretário de Educação Felipe Camarão, era consenso para ser companheiro de chapa de Brandão, alas petistas dizem que vão defender a pré-candidatura do deputado estadual Zé Inácio como vice-governador.

O racha é mais um que o PT do Maranhão vai levar para o encontro que deve definir os rumos do partido nas eleições deste ano. Isso porque, na última quarta-feira (20), várias lideranças petistas realizaram encontro em que defenderam a pré-candidatura do senador Weverton (PDT) para governador do Maranhão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.