Polícia Federal cumpre mandados contra os deputados federais Josimar Maranhãozinho e Pastor Gildenemir

A Polícia Federal cumpre nesta sexta-feira (11) mandados de busca e apreensão em endereços ligados a três deputados federais do PL por suspeitas de desvio de recursos de emendas parlamentares.

Dois deles são os maranhenses Josimar Maranhãozinho e Pastor Gildenemir. As buscas estão sendo realizadas nas residências dos parlamentares e em escritórios políticos.

Em dezembro, a PF concluiu um inquérito contra Maranhãozinho e apontou que ele cometeu crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Inquérito que tramita sob sigilo no STF apura a ligação entre o Ministério da Agricultura e a cidade governada pela irmã do deputado, diz O Globo.

Em 24 junho, Maranhãozinho se encontrou em Brasília com o presidente do Incra, Geraldo Melo Filho. Nas redes sociais, o parlamentar registrou o encontro: “celebração de convênios que beneficiarão municípios maranhenses”.

Dois meses depois, em agosto, Maranhãozinho revelou em uma “live” qual cidade do seu estado seria agraciada: Zé Doca, comandada por sua irmã, a prefeita Josinha Cunha (PL).

Com informações de O Antagonista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.