Rodoviários paralisam atividades e São Luís fica sem ônibus na manhã após morte violenta de motorista

Os trabalhadores do transporte público de São Luís iniciaram a paralisação da frota de ônibus na capital maranhense, na manhã desta terça-feira (23). O protesto acontece na manhã após aos assaltos a ônibus que resultou na morte do motorista Francisco Vale Silva, de 48 anos, enquanto trabalhava.

Por conta da paralisação, usuários do transporte público foram obrigados a procurar uma forma de chegar ao seu destino, já que os coletivos não estão circulando na região.

Por meio de nota, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (STTREMA), lamentou a morte do motorista Francisco Vale Silva na noite dessa segunda e informou que será realizada nesta terça uma reunião extraordinária com a diretoria, para que sejam tomadas as devidas providências sobre o caso.

Leia a íntegra da nota do STTREMA:

“É com profundo pesar que o Sindicato dos Rodoviários vem a público manifestar sua consternação diante dos recentes acontecimentos que abalaram nossa categoria e a sociedade como um todo. Hoje, perdemos um dos nossos, um colega de trabalho dedicado e conhecido carinhosamente como Baixinho, motorista da empresa Maranhense. Francisco Vale Silva foi vítima de uma execução cruel durante um assalto próximo à rodoviária, na avenida dos Franceses. O crime ocorreu dentro de um coletivo, quando, a sangue frio, os assaltantes atravessaram o canteiro central dirigindo na contramão, subtraindo a renda do dia e pertences dos usuários do transporte coletivo. O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Marcelo Brito, juntamente com os diretores sindicais, estiveram no local imediatamente após saber do ocorrido, oferecendo toda assistência necessária. Infelizmente, Francisco veio a óbito, deixando uma lacuna irreparável em nossa comunidade de trabalhadores. Além desse trágico episódio, registramos com profundo repúdio o segundo assalto a um coletivo nesta mesma noite, próximo ao Shopping Rio Anil, na Avenida São Luís Rei de França. Mais uma vez, toda a renda do ônibus e pertences dos passageiros foram levados. A insegurança que assola nossa cidade não pode ser tolerada. Diante destes fatos lamentáveis, convocamos uma reunião extraordinária com a diretoria nesta terça-feira (23), para que sejam tomadas as devidas providências. É imprescindível que as autoridades competentes atuem de maneira eficaz para garantir a segurança não apenas dos trabalhadores rodoviários, mas de toda a população que depende do transporte público. Expressamos nossas mais sinceras condolências à família de Francisco e reafirmamos nosso compromisso em lutar por condições dignas e seguras para todos os rodoviários e usuários do transporte coletivo”.

O crime
O motorista Francisco Vale da Silva, 48 anos, foi morto durante um assalto a ônibus na Avenida dos Franceses registrado na noite desta segunda-feira (22), próximo ao Terminal Rodoviário de São Luís.

Na ocasião, dois homens entraram no coletivo como passageiros e em determinado momento da viagem anunciaram o assalto. Eles estavam armados com uma faca e uma arma de fogo. Antes de fugirem, um deles atirou na cabeça do trabalhador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.