São Bernardo registra primeira morte por coronavírus

São Bernardo registrou nesta terça-feira (26) a primeira morte por coronavírus (Covid-19). Trata-se de uma paciente idosa que apresentava hipertensão, diabetes e quadro renal crônico.

De acordo com o prefeito João Igor, a paciente deu entrada no Hospital Municipal Felipe Jorge no último domingo (24) já em estado grave e nesta terça-feira após evolução de insuficiência respiratória veio a óbito.

Ainda de acordo com o prefeito, o município chegou a solicitar leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no Hospital Regional de Chapadinha e, por conta da grande demanda de leitos na unidade regional, o suporte não foi concedido.

“Nós temos ciência de que a rede de saúde estadual está colapsando e lamentamos muito o falecimento da paciente”, disse.

Falta de oxigênio no hospital
Durante o dia circulou nos grupos de WhatsApp, a informação de que a paciente teria falecido após a falta de cilindros de oxigênio no Hospital Municipal Felipe Jorge.

Em publicação feita no Instagram, Agda Hoayna, neta da paciente reforça a denúncia de que não havia oxigênio no hospital e que isso teria sido a causa da morte da avó.

“Resumindo, minha avó morreu por falta de oxigênio, que não tinha no hospital. O oxigênio terminou e minha avó sufocou até a morte. Foi a pior cena pra mim e minha mãe que é funcionária do hospital”, escreveu.

Sobre essa informação, a coordenação de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde, informou que a paciente chegou a usar sete cilindros grandes de oxigênio, mas que mesmo assim não resistiu e veio a óbito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.