Banco Santander oferta 20 mil bolsas gratuitas de estudo para formação em jogos, streaming e metaverso

O banco Santander vai conceder 20 mil bolsas de estudo gratuitas do programa Santander Game Pro para contribuir com o desenvolvimento do cenário dos e-sports no país. A ação é feita em parceria com a CNB Esports, um dos clubes de esportes eletrônicos mais tradicionais da América Latina, e terá cursos gratuitos que oferecerão trilhas de aprendizado dos jogos League of Legends (LoL) e Valorant, além de um módulo voltado para quem deseja se tornar streamer e uma trilha de conteúdo única para a imersão no metaverso.

O programa possui quatro trilhas de aprendizados, cada uma delas com uma quantidade específica de bolsas. Serão 8 mil vagas para se aprimorar no LoL, 8,5 mil para o Valorant, 3 mil bolsas para streamers e 500 bolsas para quem deseja se aprofundar nas novas tecnologias e possibilidades dentro do Metaverso, a nova dimensão da internet. As trilhas de cursos serão aplicadas de forma online dentro da plataforma da CNB Esports, que possui uma metodologia de avaliação em etapas para medir e garantir a escolha dos melhores candidatos e alto índice de aproveitamento dos talentos.

Os participantes poderão escolher uma das quatro trilhas de conteúdo para formação em transmissão de conteúdo, imersão no metaverso e para se aprimorar nos jogos League Of Legends (LoL) e Valorant; As inscrições vão até dia 18/10 e devem ser realizadas na plataforma Bolsas Santander.

O mercado de e-sports não está apenas centralizado nos jogadores profissionais. “Há uma geração que consome e produz conteúdo pago para os principais campeonatos de League Of Legends e Valorant. O Santander Gamer Pro busca elevar o nível dos gamers, além de dar toda a estrutura para que eles possam reproduzir profissionalmente o conteúdo aprendido em uma plataforma monetizada. Dessa forma, possibilitamos várias oportunidades de mercado neste mundo, seja atuando como pró-player, ou como streamer de jogos online”, diz Marcio “Giannico, Senior Head do Santander Universidades no Brasil.

Entendemos que os e-sports são mais do que apenas competições; eles são uma forma de expressão e comunidade” afirma Cleber Fonseca, cofundador do CNB Esports. “Com esta parceria, estamos tornando ainda mais inclusiva e democrática essa comunidade e poderemos não apenas desenvolver habilidades técnicas e teóricas através de nossos cursos, mas também cultivar uma geração de jogadores e criadores de conteúdo que possam impactar positivamente a indústria e a cultura dos games no Brasil.” complementa Carlos Fonseca Junior, cofundador do CNB Esports.

Iniciativas como a do Santander Gamer Pro consolidam o Santander como um banco que fomenta a cultura gamer no brasil. A atuação da marca no mundo dos e-sports se intensificou em 2021, quanto desenvolveu projetos de mentoria para formar novos criadores de conteúdo com a Twitch. No mesmo ano, o Banco inovou ao criar uma roupa virtual exclusiva dentro do Free Fire que fez parte até de um desfile inédito da SPFW (São Paulo Fashion Week). Neste ano, o Santa – apelido dado à instituição pela comunidade gamer – anunciou, durante a final da Liga Brasileira de Free Fire, a confecção de uma coleção de roupas e joias inspirada nas roupas do Free Fire, que serão comercializadas pela loja de moda urbana KINGS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.