Ciclismo ganha força, adeptos e coleciona conquistas, em São Bernardo

A prática do ciclismo ganha cada vez mais força e adeptos em São Bernardo, seja como lazer e atividade física, ou como prática esportiva. O Clube Pedal Livre de São Bernardo, formado por atletas amadores, profissionais e amantes do ciclismo, é um dos principais responsáveis pela popularização da prática na cidade. Com cerca de 200 participantes, o clube, tem mais de um ano de atuação, colecionando bons resultados, com a presença de atletas bernardenses entre os primeiros colocados nas principais competições da região, além de contribuir para o fortalecimento da modalidade na Matriz e região.

Atletas bernardenses estão sempre entre os primeiros colocados nas principais competições da região (Foto: Divulgação)

De acordo com os membros do clube, a inciativa surgiu da necessidade de uma organização dos ciclistas bernardenses e para promover da modalidade no município. O presidente do clube, Manoel Ferreira, destaca que, além de ter ajudado muitas pessoas a saírem do sedentarismo e proporcionar novas amizades, outra grande contribuição do movimento, é levar o nome de São Bernardo para as principais competições de Ciclismo no Maranhão e estados vizinhos.

“O clube levou o nome do ciclismo bernardense a ter um reconhecimento muito grande. Em menos de um ano o grupo chega a mais de 200 membros, que além de praticar saúde, participam dos principais campeonatos de Ciclismo da região”, ressalta.

Vice presidente do clube, Francisco Ramalho, diz que o principal objetivo do órgão é a manutenção da saúde física, psicológica dos amantes do ciclismo, além de formar novos atletas competidores de MTB (estilo Cross Country).

“Nosso clube tem a meta de promover uma mudança de vida dos participantes, incentivando a prática esportiva de passeio e competitiva, formar novas amizades e trabalhar ações sociais na cidade e circunvizinhanças”, ressaltou.

Para Kleuson Michael Cardoso, membro do clube, o ciclismo deu uma nova dinâmica para a cidade e tem atraído mais adeptos a cada dia, seja por lazer, seja pela competição. “Hoje, pessoas que pedalam como forma de lazer e, também, como forma de competir. Temos atletas de ponta, a exemplo do Manoel, Anastácio, Ramalho, Aparecida, e tantos outros”, relata.

Entre os principais eventos organizado pelo ‘Pedal Livre’, estão a ‘Volta da Lagoa do Bacuri’, entre São Bernardo e Magalhães de Almeida, com mais de 100km percorridos e a participação de atletas da região; e a ‘Trilha Passeio Racha Côco’, que passa por povoados de São Bernardo.

Uma das principais representantes do ciclismo como esporte, em São Bernardo, é Maria Aparecida Alves de Oliveira. A jovem de 34 anos, que também é membro do clube Pedal Livre de São Bernardo, já coleciona participação em várias competições representando o município e sempre conquistando as melhores posições. Aparecida conta que a trajetória no ciclismo começou sem muita pretensão de ser atleta de competições.

Maria Aparecida começou a praticar o Ciclismo por saúde e hoje é uma das principais atletas bernardenses (Foto: Arquivo Pessoal)

“Eu sempre gostei de pedalar, mas nada sério. Como o movimento de bike na cidade estava crescendo e eu estava muito gorda, pesando 84kg, resolvi comprar uma bike. Então tudo começou com o objetivo de emagrecer. Comecei emagrecer, fui gostando cada vez mais, participei de torneios e os resultados foram aparecendo”, relata.

A última grande conquista da atleta bernardense, foi o 1º lugar na categoria ‘Turismo’ da 8ª edição do Trilhas do Buriti, no município de Buriti dos Lopes – PI.

A ‘Trilha Passeio Racha Côco’ será o próximo evento ciclistico, em São Bernardo. A trilha acontece no próximo domingo (25) e vai reunir atletas de toda região do Baixo Parnaíba, passando pelos povoados Cajueiro, São Miguel e Currais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *