Lahésio Bonfim se solidariza com jornalista demitido da Rádio Mirante

O pré-candidato Lahésio Bonfim (PSC) prestou solidariedade nesta quinta-feira (7), ao jornalista e radialista Geraldo Castro, demitido da Rádio Mirante AM na quarta-feira (6). O médico atribuiu a demissão à “falta de pluralidade e liberdade de imprensa no Maranhão”.

Geraldo Castro estava na emissora há 22 anos e pelos corredores da Mirante o que dizem é que a demissão foi um pedido do secretário Ricardo Capelli, titular da Secretaria de Estado da Comunicação Social (SECOM). O motivo? As duras críticas feitas contra diversos órgãos do governo.

“Nenhuma força – econômica, política ou social – se impõe sobre os valores maiores dos homens livres. À frente de tais valores, se agiganta a força da liberdade de imprensa, da pluralidade, da livre expressão, do livre dizer, do direito de informar e de ser informado. Em uma síntese, é nesse conjunto de valores que se sustenta a democracia, essência que alicerça os homens iguais. O episódio desmerece a luta empreendida pela imprensa livre desta terra, que sempre encontrou no povo do Maranhão o seu principal aliado e defensor”, disse em nota publicada em suas redes sociais.

Radialista, jornalista e administrador, Castro iniciou sua carreira na extinta Rádio Gurupy AM em 1973, em seguida foi para a Rádio Educadora, depois Rádio Timbira do Maranhão, Rádio Difusora AM, Rádio Ribamar – hoje Capital AM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.