Professora bernardense é condenada por postagens difamatórias contra o prefeito João Igor

Gildean Farias 

A juíza de direito da Comarca de São Bernardo, Dra. Lyanne Pompeu condenou a professora bernardense Karmen Iza Meireles por difamação e injúria contra o prefeito de São Bernardo, João Igor (PDT). A decisão judicial foi publicada nesta quarta-feira (28) e mesmo sendo difícil reverter, ainda cabe recurso.

A professora foi condenada por postagens difamatórias contra o prefeito e contra a gestão municipal realizadas na rede social Facebook e em grupos de Whatsapp. De acordo com o texto da decisão judicial, Karmen Iza apresentou uma montagem difamatória afirmando que o prefeito chamou pessoas de cachorro e de besta.

“a professora expôs uma montagem falsa com uma foto do prefeito e um texto que diz o seguinte: ‘prefeito diz que pobre é igual a cachorro, o dono é quem manda a hora de parar de latir’ “, relata o texto da decisão judicial.

A juíza condenou a professora à pena de cinco meses de detenção e mais multa em dinheiro. Porém, como a pena é inferior a quatro anos, e o crime não foi cometido com violência física, a pena foi substituída por prestação de serviços comunitários.

Veja abaixo os trechos da decisão judicial:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.