“Questão ambiental precisa estar na centralidade das decisões da gestão municipal”, diz Bira, pré-candidato a prefeito de São Luís

Em mais um importante debate do movimento ‘Pense São Luís’, o pré-candidato a prefeito, deputado Bira do Pindaré (PSB), abordou a questão ambiental na capital maranhense, em um diálogo propositivo com a participação de especialistas da área. Para o deputado, “o principal desafio de São Luís em relação ao meio ambiente é trazer a questão ambiental para o centro do processo decisório da gestão pública”.

A partir do tema “Meio Ambiente de São Luís: desafios para uma gestão”, Bira conversou e debateu as problemáticas do tema com a bióloga e mestre em Saúde e Meio Ambiente, Luzenice Macedo e o advogado e Relator Nacional de Direitos Humanos, Guilherme Zagallo. “Um debate atual e necessário no Brasil e no mundo, o tema ambiental tem uma importância muito grande em nossas vidas e, por isso mesmo trazemos aqui para o debate porque queremos ter propostas muito claras a partir da opinião de especialistas e de participação popular também nessa área”, destacou Bira.

De acordo com Bira e os especialistas, os principais problemas da questão ambiental em São Luís, estão relacionados a um distanciamento dos instrumentos de planejamento da gestão pública da política ambiental, além da falta de diálogo mais amplo com a população sobre o tema. “A política ambiental ainda é secundária no processo decisório da gestão pública”, pontuou Luzenice Macedo.

Bira corroborou com a necessidade de centralidade das políticas do meio ambiente nas decisões da prefeitura. De acordo com o pré-candidato, com a questão ambiental na centralidade das decisões da gestão, outras áreas das políticas públicas também são diretamente contempladas, como saúde, melhoria da qualidade de vida da população, bem como a preservação da vida das pessoas e de toda a biodiversidade da cidade.

“Precisamos trazer a questão ambiental para o centro das discussões e ações da gestão pública e pode ter certeza que o meio ambiente estará na centralidade do nosso plano de governo de uma gestão por uma São Luís bela, humana e justa”, realçou o pré-candidato a prefeito.

Os debatedores destacaram também a necessidade de revisão do atual Plano Diretor do município, que apresenta vários erros técnicos que amplia problemas ambientais na capital maranhense. “O texto do Plano Diretor que foi colocado traz questões graves em relação a questão ambiental, como a redução da área de dunas, redução de áreas protegidas e de áreas de preservação permanente, entre outras tópicos que nos fazem afirmar que o ele precisa ser revisto por completo, através de novas audiências públicas”, comentou Guilherme Zagallo.

Bira acentua que é prioridade um novo Plano Diretor mais autêntico e que seja pensado para atender as demandas da população de São Luís na sua plenitude. “Um Plano Diretor autêntico e verdadeiro e que possa respeitar a cidade na sua totalidade e não atender apenas a interesses de grupos específicos”, destacou.

Pense São Luís

O Movimento ‘Pense São Luís’ tem como objetivo abrir um diálogo com a população ludovicense sobre os principais problemas e desafios da capital maranhense, bem como as possíveis soluções para os mesmos.

Após um período suspensas por conta da pandemia do coronavírus, as agendas do movimento foram retomadas depois do adiamento das eleições, para dá continuidade as articulações e proposições visando um projeto de plano de governo comprometido com as reais necessidades da população ludovicense.

“Vamos continuar a dialogar com lideranças comunitárias, religiosas, políticas, estudantis e com a população em geral, além de especialistas, para pensar e construir uma cidade mais bela, humana, justa e com direitos garantidos a todos e todas”, pontuou Bira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *