Bernardenses vítimas do coronavírus são homenageados durante carreata de encerramento do Festejo de São Bernardo

Devido à pandemia do coronavírus, a tradicional Festa de São Bernardo foi diferente em 2020. Não teve a presença em massa dos fiéis e romeiros bernardenses ou de outros municípios que todos os anos participam com muita fé, seja dentro ou fora do Santuário. O festejo aconteceu com os 10 dias de novenas tradicionais, porém com alterações, como o número reduzido de pessoas na igreja, a partir do agendamento prévio, transmissões das missas pelas redes sociais e, até o tradicional leilão, também foi adaptado e realizado de forma online.

A também tradicional procissão, que marca o encerramento do festejo, também teve que ser adaptada e virou uma grande carreata pelas principais ruas da cidade. E foi na carreata que houve um dos momentos mais marcantes do festejo: o caminhão que carregava o andor de São Bernardo, levou também faixas carregando os nomes das 13 pessoas que foram a óbito no município, vítimas da Covid-19.

Caminhão que levava a imagem de São Bernardo, levou também faixas com os nomes dos bernardenses que morreram vítimas da Covid-19 (Divulgação)

Maria Helena, João Batista, José de Ribamar, Maria da Paz, Nelson Teixeira, Bernardo Amaro, Edinalva Silva, Tereza Paz, Raimunda Nonata, Vicencia Mendes, Everlúcio Araújo, Mairla Meireles e Edimar Lira foram lembrados durante todo o percurso do ato de encerramento do festejo.

Além de levar os nomes dos/as bernardenses mortos em decorrência do coronavírus, a carreata também fez uma parada em frente ao Hospital Municipal Felipe Jorge, onde foi realizada oração em prol dos doentes e ao corpo de funcionários da unidade de saúde.

Veja mais registros do encerramento do Festejo de São Bernardo 2020:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *