Bolsonaro volta a defecar pela boca e diz que que vai “acabar com cocô” no País

O presidente Jair Bolsonaro voltou a falar uma das suas ‘pérolas’ (ou seria mais uma fala sem noção). Durante durante inauguração de uma escola em Parnaíba, no Piauí, em mais uma declaração grotesca, Bolsonaro se referiu aos comunistas como cocô do Brasil, quando falava dos governadores do Nordeste no estado governado por Wellington Dias (PT). “Alguns governadores estão querendo separar o Nordeste do Brasil. Esses cabras estão no caminho errado. Vamos acabar com o cocô no Brasil. O cocô é essa raça de corrupto e comunista”, disse.

Durante o discurso, Bolsonaro fez elogios a Mão Santa. O hoje prefeito de Parnaíba teve o mandato como governador cassado em 2001 por acusações de corrupção.

‘Mais cocô’
Na segunda-feira (12), Bolsonaro sugeriu que o brasileiro alternasse os dias para “fazer cocô” com o objetivo de proteger o meio ambiente. Ele disse que, quando se fala em poluição ambiental, “é só você fazer cocô dia sim, dia não que melhora bastante a nossa vida”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *