Brandão mostra que não aprendeu a “lição” de Fábio Gentil e foge do “meio do povo”

Gildean Farias

“Sabe porque Brandão? Porque pra fazer política tem que gostar de gente!”. Parece que o governador-tampão e candidato à reeleição, Carlos Brandão (PSB) não está colocando em prática o que o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, tentou ensinar a ele, em um evento político realizado na cidade que governa, no mês de julho.

Durante o patético evento, Gentil dirigiu-se a Brandão e mostrou o que é “necessário” para fazer política. O prefeito se jogou no meio das pessoas que estavam presentes no evento e gritando disse que pra ser político “tem que gostar de gente, tem que estar no meio do povo”.

Em plena campanha e a menos de um mês para o pleito, o governador-tampão parece que não aprendeu a “lição” de Fábio Gentil, ou simplesmente, não gosta mesmo de gente. Em seus eventos políticos pelo Maranhão, Brandão tem preferido ficar em cima de carros de som, apenas acenando para o povo, bem longe dos populares e sempre cercado por secretários, seguranças e assessores.

Político de origem coronelista, a postura de Brandão não é nenhuma surpresa. Como nunca foi candidato a um cargo majoritário, o ex-tucano sempre teve suas campanhas para cargos proporcionais, feitas por aliados políticos de municípios maranhenses, não tendo assim, a necessidade de “estar no meio do povo”, como Fábio Gentil tentou ensinar a ele.

Veja o vídeo em que Fábio Gentil tentou ensinar a ele como “fazer política”:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.