Cidade inteligente: Bira propõe uso da tecnologia e inovação para melhorar a qualidade de vida das pessoas

Na última quinta-feira (23), o movimento ‘Pense São Luís’ realizou mais um importante debate sobre os problemas e soluções para capital maranhense. Desta vez, o movimento, coordenado pelo pré-candidato a prefeito Bira do Pindaré (PSB), abordou o ‘Desenvolvimento Tecnológico e Inovação para São Luís’. O evento, transmitido pelas redes sociais, contou com a participação de especialistas.

Nesta edição, compuseram a mesa ao lado de Bira: Davi Telles, secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação; Heloísa Medeiros, professora universitária e assessora da Agência de Inovação e Empreendedorismo da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA); e Lívio Martins, professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), coordenador IECT Biotecnologia, médico veterinário com pós-doutorado no U.S. Department Of Agriculture (USDA) nos Estados Unidos, e na Universidade de Edimburgh, na Escócia.

Dentre as prioridades, foi destacada como prioridade urgente tornar São Luís uma cidade inteligente. Uma cidade que enxergue, segundo eles, a tecnologia e a inovação como instrumento essencial para melhorar a qualidade de vida população, visando não apenas o desenvolvimento econômico em si, mas, sobretudo, o social e sustentável com ações nos mais variados setores.

Educação, acessibilidade, habitação, formação profissional, geração de emprego, saúde, planejamento e mobilidade urbana, energia, coleta de resíduos sólidos, ocupação dos espaços públicos, proteção do meio ambiente, dentre outros. “São muitas as possibilidades de uma cidade inteligente e outras capitais do país já vivem essa realidade, agora precisamos olhar para a nossa. São Luís tem recursos e potenciais em abundância. Cultura diversificada, economia criativa, ecossistema rico e etc, que podem gerar muitos benefícios para a população”, disse.

Dentre as propostas discutidas para compor o plano de governo, eles trataram sobre marco legal de Ciência, Tecnologia e Inovação, parcerias entre prefeituras, empresas e universidades para formação de pessoas e desenvolvimento cientifico e tecnológico, criação do Conselho de Inovação, capacitações profissionais, incubadora municipal de startups, programa para levar internet pública e gratuita, inclusão digital. Isso além do apoio a sturtups e promoção do protagonismo da prefeitura na elaboração, implantação e desenvolvimento do parque tecnológico no Centro Histórico.

Bira foi o primeiro secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação do governo Flávio Dino e deixou um excelente legado na pasta. Coordenou a implantação do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA); implantou programas importantes como o Cidadão do Mundo com intercâmbio internacional gratuito para jovens da rede pública; os Aulões do Enem com aulas preparatórias para pré-vestibular.
Ele desenvolveu ainda projetos importantes, transformando uma secretária secundária em prioritária para o desenvolvimento do estado Maranhão. É essa experiência que Bira tem para oferecer a São Luís quando o assunto é ciência, tecnologia e inovação.

Pense São Luís
O Movimento ‘Pense São Luís’ foi criado para dialogar com a população ludovicense e especialistas sobre os desafios e soluções para a capital. Para ele, o movimento é um canal de diálogo aberto e direto com a população. “Continuaremos olhando nos olhos das pessoas, ouvindo as reivindicações e lutando junto por uma cidade cada vez mais bela, mais humana, mais justa e com direitos garantidos a todos e todas”, assegurou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *