Homofobia: Roberto Rocha reclama de “jovem homossexual” em propaganda do Governo do Maranhão

O senador Roberto Rocha (PSDB-MA), aliado do presidente Jair Bolsonaro, usou as redes sociais nesta terça-feira (26) para reclamar da presença de um influenciador digital gay em uma propaganda do governo do Maranhão. A postagem do senador do PSDB foi vista como homofóbica nas redes sociais.

A secretaria de Educação optou em convocar o influenciador Alex Brito, conhecido como “Bota Pó”, para divulgar um novo programa voltado para juventude maranhense, a plataforma Gonçalves Dias de Educação. Botinha, que tem 16 anos, é um fenômeno nas redes sociais com 460 mil seguidores no Instagram e se comunica diretamente com os jovens – esse número é quase 10x a quantidade de seguidores do senador.

“O governo do Maranhão, em vez de colocar como garoto propaganda um maranhense que tenha se destacado em alguma área, preferiu colocar um jovem homossexual assumido fazendo o papel de menina. Agora, analisando friamente, para que isso? Qual a necessidade disso ? É apologia à homossexualidade ou não?”, escreveu o senador, destilando homofobia.

“Lamentável essa situação na qual passamos. Nada contra a opção sexual de alguém. Agora querer obrigar a aceitação desta opção de alguns como regra e apologia a prática homossexual isso não dá para aceitar!!! Cartão vermelho para Flávio Dino”, completou.

 

A postagem recebeu muitas críticas pelo conteúdo preconceituoso. “Roberto Rocha fez uma postagem “reprovando” o Governo do Maranhão por ter usado Botinha na propaganda e dizendo que é apologia à homossexualidade e que isso “não dá pra aceitar” (?????) VAMO DENUNCIAR ESSE IMBECIL”, reagiu a jornalista Giovana Kury no Twitter. Na publicação de Roberto Rocha há diversos comentários condenando a conduta.

Pré-candidato ao governo do Maranhão em oposição a Dino, Roberto Rocha parece buscar ocupar o espaço do bolsonarismo nas eleições de 2022.

Fonte: Revista Fórum

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.